segunda-feira, 23 de junho de 2014

Não...



Não precisa me amar, porque eu sei aonde vou
Não precisa me amar, porque eu tenho a solidão
Não precisa me amar, porque eu tenho meu violão
Não precisa me amar, porque eu tenho o hoje e o amanha
Não precisa me amar, porque eu tenho a saudade dentro do meu coração.

Edmar Silva.

Augusta com a Paulista



Ela fala que meu amor é démodé, preto e branco, blasé.
Diz que paixão é motivo de gargalhada e que tomar cerveja escura não esta com nada.
Mas eu sei que ela suspira, toda vez que eu passo na esquina da rua augusta com a paulista.
Ela é tod
a moderninha com seus óculos Ray-ban e franginha, metida garota rebelde popular comunista.
Mas no fundo sonha com as historias de amor que ouviu a sua mãe contar para a vizinha.
E todo esse clichê vai passar no dia em que a ficha dela cair e ela perceber que com amor não pode brincar.


Edmar Silva.

EU

Eu não acredito em mim nem no que sinto
Ando totalmente perdido
E constantemente a sua lembrança me trás, saudades
Me sinto só e é demais esse castigo
Eu estou aqui sozinho meu amor.


Edmar Silva.

!!!

Todo poeta tem um vício e o meu é Amar.

Edmar Silva

!!!

Construa um sorriso seja amigo, espalhe felicidade ande pela cidade, pregue o amor respeite a dor, hoje pode ser o ultimo dia viva a vida.
Edmar Silva

Já não me importa mais sofrer

Hoje eu acordei com uma vontade louca de te ver, mas eu não sei quanto tempo eu tenho ainda para viver.
A minha vida é tão confusa quanto a America central, e pensando em você, cada vez eu sofro mais.
Eu quero que vá tudo para o inferno meu
 amor, eu vou atrás de você não importa aonde for.
Pode agora a cidade inteira parar, eu vou correndo, eu não me importo eu preciso te encontrar.
Quanto tempo eu tenho ainda, para te ver, eu só quero ter você, e não me importa mais sofrer.


Edmar Silva.

É Amor


Eu percebi que era amor quando nos despedimos e o seu cheiro ficou, fui andando e meu coração foi apertando e o vazio tomando conta de mim, de repente já nem sabia quem eu era só pensava em você e perdi a razão, e naquele momento de angustia fui atrás de você na louca esperança de te encontrar e não deixar você ir embora nunca mais, mas você não estava mais lá, e o meu coração incessantemente a palpitar, continuei meu caminho sozinho, mas o vazio tardou em acabar, mas confesso que ele continua em mim, a me devastar.
Edmar Silva